Guia para o gerenciamento de disco no Windows 11

O Windows, como um Sistema Operacional, utiliza muito mais espaço do que suas versões anteriores, mas a quantidade de espaço ocupada pelos arquivos também aumentou imensamente. Sejam os arquivos, ou jogos ou backups que ocupam tanto espaço. Com tempo, você precisará gerenciá-los, movendo os arquivos para onde tiver mais espaço, ou adicionando mais espaço ao seu computador, para aumentar partições existentes, para uni-las ou criar novas partições. 

Tudo isso requer o conjunto certo de ferramentas. Esse artigo traz um olhar aprofundado para o Gerenciamento de Disco do Windows 11 e para os programas que você pode usar para facilitar a forma como você gerencia suas opções de disco, tomando algumas precauções.

Gerenciamento de Disco do Windows 11

Diskpart é uma ferramenta de linhas de comando do Windows 11 que pode te ajudar a gerenciar os dispositivos de armazenamento. Feito usando os mesmos APIs que o Gerenciamento de Disco, que entrega uma interface de usuário que permite que usuários gerais gerenciem seus próprios discos. A ferramenta de linhas de comando pode ser difícil de usar, mas aqueles que sabem lidar com esse tipo de coisa, a acharão muito útil. 

Quando você abrir a ferramenta, ela mostrará uma lista de dispositivos de armazenamento conectados, além das partições de  todos os HDs em um só lugar. 

Funções da Ferramenta de Gerenciamento de Disco

Operações de Volumes ou Partições:

  • Criar, Formatar, Deletar, Reduzir ou Ampliar as partições.
  • Marcar as partições como ativas para mudar o drive de inicialização sem mudar a ordem de inicialização.
  • Mudar a letra do disco e seu caminho de acesso
  • Adicionar um espelho, em caso de falha do disco

Operações de Disco

  • Volumes estendidos, Listado, Espelhado, Raid 5
  • Converter para Disco Dinâmico e MBR
  • Desconectar um disco da rede

Apesar da ferramenta parecer ser robusta, ela tem suas falhas. Não há como prever o que acontecerá quando você realiza uma ação. Além disso, não existe uma forma de reverter essas alterações, o que significa que, se você deletar uma partição ou um disco acidentalmente, não há como recuperar aqueles dados.

Como usar a Ferramenta de Gerenciamento de Disco?

Apesar de ser possível realizar vários tipos de operações; neste exemplo, mostraremos como é possível criar uma nova partição. 

Passo 1: Pressione o botão de Iniciar no seu teclado e digite “criar e formatar partições do disco rígido”. Assim que ele aparecer na lista, clique para abrir a ferramenta de Gerenciamento de Disco.

Passo 2: Clique com o botão direito em um volume que está preto e marcado como não alocado. Escolha Novo Volume e siga as instruções para definir uma letra para o disco, sistema de arquivos, e etiqueta. 

Passo 3: Assim que a instalação terminar, a partição estará pronta para ser usada.

As outras operações podem ser realizadas de forma semelhante e, apesar de algumas serem tão simples quanto esta, as operações de criação de volumes RAID são diferentes. Como estamos lidando com dados ativos, recomendamos realizar essas operações em um HD externo que não tenha nenhum arquivo. Assim que tiver praticado o bastante, você pode tentar fazer isso em algum lugar com dados ativos, mas só depois de fazer um backup.

Ferramentas de Gerenciamento de Disco de outras empresas para o Windows 11 

A maior ressalva ao usar a ferramenta interna de gerenciamento de disco do Windows é que mesmo com suas opções diretas, ele ainda pode ser um pouco confuso. E, sem a opção de ver uma prévia, é fácil cometer alguns erros. E é nesse ponto que as ferramentas de outras empresas entram em cena.

Apesar de existirem muitos, essas duas ferramentas de gerenciamento de disco são as melhores do segmento. Tenha em mente que eles oferecem algumas características competitivas e são grátis para o usuário.

1] Paragon Partition Manager 

Se você quiser uma solução open-source que é mantida e cuidada pela comunidade, o Paragon Software é a sua principal escolha. A edição comunitária do Partition Manager é grátis para uso pessoal e caseiro. Além disso, ele também possui uma ótima interface de usuário, com tudo o que você poderia esperar de uma ferramenta de gerenciamento de disco.

Recursos:

O melhor recurso ao usar essa ferramenta, é que ele vem com um botão de ‘desfazer’, que permite que você veja uma prévia de qualquer operação de disco que você vai fazer.

Assim que você abrir o programa, ele irá listar todas as partições. Selecione qualquer um deles, e ele oferece funções diretas, incluindo Mover, Redimensionar, Deletar, mudar a etiqueta do volume, conferir arquivos de sistema ou testar a superfície. É possível ver ou editar os setores, mas isso é mais recomendado para usuários avançados.

As operações não são executadas imediatamente, ao invés disso, é dada a opção de colocar a ação em uma fila. Assim que você tiver terminado e tiver certeza de como quer que fique o resultado final, basta executar a fila. 

  • Converter entre volumes MBR para GPT / HFS e para NTFS 
  • Não é necessário fazer a formatação quando estiver convertendo entre esses formatos.
  • Recuperar volumes deletados usando a função de ‘Undelete’.

Com tudo isso sendo dito, o programa ainda tem suas desvantagens. Não é possível criar um clone se estiver migrando os dispositivos de armazenamento, ou seja, ao mover do HDD para o SSD ou entre SSDs. Além disso, não é possível apagar um disco rígido se quiser dá-lo para outra pessoa.

Faça o Donwload do Paragon 

2] Partition Expert Free Edition (Macrorit)

Se estiver buscando um programa portátil de gerenciamento de disco que suporte o Espaço de Armazenamento Windows, o Partition Expert Free Edition da Macrorit é a melhor opção para você. Apesar de ser uma versão gratuita, ele limita apenas as partes que são usadas para propósitos comerciais, tais como migrar o Sistema Operacional, criar discos inicializáveis em WinPE, etc.

Características

Assim que abrir o programa, todas as operações estão localizadas ao lado esquerdo da tela, enquanto todas as partições, ou volumes, estão listados à direita, organizados por disco. Selecione os discos que quiser, e depois será possível escolher as operações na esquerda, ou clicar com o botão direito e ver as opções específicas para cada disco.

Se você tiver um conjunto de operações planejadas que precisa ser executado, um após ao outro, você pode organizá-los e então executá-los em sequência. Todas as funções que você planeja realizar ficarão disponíveis em ‘pending operations’. 

  • Solução completa de gerenciamento de disco
  • Conversão para um volume lógico
  • Limpar volume, formatar, teste de superfície
  • Desfazer e Refazer operações

Sobretudo, é um programa excelente que oferece uma solução mais intuitiva e fácil para usar o programa.

Faça o Download pela Macrorit 

Conclusão

O Windows 11, assim como seus predecessores, já vem com uma ferramenta de gerenciamento de disco que funciona, na maior parte do tempo, e que pode ser usado tanto através de linhas de comando ou através de sua interface de usuário. Contudo, o programa é bem limitado, no sentido de que não é possível voltar atrás e reverter as operações, o que o torna um tanto quanto complexo e pode acabar causando problemas. É nesse ponto que entra a necessidade de usar os programas de gerenciamento de disco de outras empresas. Tente testar todos eles antes de tomar uma decisão final.

Salir de la versión móvil